Tagged: Super Onze

Super Onze no Brasil!

A espera acabou. Finalmente chega ao mercado ocidental o game Inazuma Eleven. Grande sucesso no Japão, o jogo aporta agora no ocidente através da loja virtual da Nintendo.

O game de futebol da Level 5 foi lançado em 2008 para Nintendo DS e, rapidamente, caiu nas graças do público japonês. Misturando o esporte com alguns conceitos básico do RPG e técnicas especiais, o jogo traz um gameplay único e bastante divertido.

Agora, o jogo será relançado para o 3DS em todas as praças ocidentais da Big N, com destaque para Austrália e América, que recebem o jogo pela primeira vez.

A série conta com diversas sequências e spin-offs para consoles variados, além de produtos licenciados diversos, e adaptações em mangá e animê. No Brasil, o mangá é publicado pela Editora JBC, sob título de Super Onze, e, atualmente, se encontra na décima edição em formato especial de banca ao custo de R$ 4, 90. A série animada já foi exibida por aqui pela Rede TV.

Top 7 Melhores Capas do Ano

É, pessoal, o ano está acabando, os prazos estão apertando e a gente aqui da Henshin e da Editora JBC está fazendo das tripas coração para conseguir entregar para você todos os seus mangás preferidos. Durante 2013 rolaram muitos títulos bacanas, todos recheados de tramas surpreendentes e acompanhados de capas sensacionais. Para comemorar, nós traremos agora as melhores capas do ano, é o Top 7 Capas 2013!

Mas é aí que você pergunta: “Pedro, geralmente quem escreve os Tops não é o Leo Kitsune? E mais, os tops não rolam sempre de sexta? Por que, então, um top de terça e escrito por vossa senhoria?”. Bem, se você já é leitor antigo aqui da Henshin, a resposta já deve estar clara, mas ainda assim vou responder para os de primeira viagem: porque sim!

Agora que já entramos no espírito Top 7, vamos aproveitar essa véspera de feriado (ao menos em alguns pontos do Brasil) e dar aquela conferida em algumas das capas mais legais que pintaram nesse ano. Vale lembrar que a Editora JBC publica uma média de 15 titulos por mês, ou seja, essa aqui é só uma lista simples com algumas das revistas que mais chamaram a atenção deste humilde redator. Vamos lá!

7° – Fairy Tail 30

A sétima posição ficou com uma das séries mensais mais longevas da editora: Fairy Tail. O sensacional traço de Hiro Mashima já ilustrou belas imagens, muitas delas aparecendo em mensagens de Bom-dia ou Boa-noite na própria página da Henshin. Depois de tantas edições, parecia bem difícil inovar e as capas começaram a ficar cada vez mais parecidas. Ainda lindas, mas parecidas.

Foi então que o autor surpreendeu e quebrou todos os padrões em uma arte fora de série para o volume 30. A capa sem a tradicional “moldura” apresenta Natsu e Acknowlogia em uma composição para fã nenhum botar defeito:

6° – Another 3

Definitivamente, Another foi um dos pontos altos do ano. Em uma trama de suspense fechada em quatro volumes bem amarrados, Yukito Ayatsuji e Hiro Kiyohara adaptaram bem o clima da light novel original e entregaram um mangá pra lá de assustador.

Não foi por acaso que a obra conquistou a sexta posição. Apesar dos quatro volumes terem capas muito bonitas e dignas de nota, aquela que parece brilhar em meio a coleção é a do lendário terceiro volume. Another 3 é embelezada pela ilustração da colegial Izumi Akazawa, quebrando um pouco o clima tenso deixado pela protagonista Mei Misaki nas edições anteriores. Dê só uma olhada:

5° – RG Veda 6

O último mangá do CLAMP finalizado pela JBC não teria como ficar de fora da lista. A jornada fantástica de Yasha e Shura foi descrita ao longo de dez número recheados de ação e revelações surpreendentes. Não bastasse isso, cada um dos mangás conta com uma capa muito caprichada, tornando a coleção completa uma das mais bonitas já publicadas pela editora.

Não foi nem um pouco fácil escolher qual das belíssimas ilustrações merecia um lugar na lista, mas no final das contas a vencedora foi a edição número 6. É até complicado descrever a beleza desta capa, pare o que estiver fazendo por um minuto e só contemple:

4° – Blue Exorcist 3

Blue Exorcist chegou às bancas quase no meio do ano e já vem arrebentando todas as expectativas. Além de muito divertida e bem humorada, a série conta com um traço bem bacana, o que ajuda a compor cenas de ação sempre bem diferentes. A jornada dos irmãos Okumura está em seu quinto volume e já teve sua cota de capas bacanudas.

Quem abocanhou a quarta posição do Top 7 dessa semana foi o volume 3! Shiemi Moriyama é a estrela dessa capa cheia de cor e emoção. Não existe outra palavra para definir essa revista se não LINDA!

3° – The Innocent

Outra surpresa agradável neste ano foi o oneshot The Innocent. O mangá desenvolvido pelo ex-presidente dos Estúdios Marvel, Avi Arad e desenhado pela coreana Yasung Ko apresenta uma trama de vingança e redenção, onde os pecados do passado se tornam combustível para uma vingança em chamas.

Apesar de trabalhar com uma história bem amarrada, o ponto alto da obra é, sem sombra de dúvidas, a arte. A revista é carregada de cenas de ação sensacionais e páginas duplas de tirar o fôlego. É claro que a capa não ia deixar a desejar:

2° – Super Onze 3

Correndo por fora (em direção ao gol) nós temos o Super Onze. Em um projeto bem diferente, o mangá chega às bancas quinzenalmente, em um formato diferenciado e um precinho bem camarada, R$4,90. Com o novo formato, o número de edições aumenta um tanto e a equipe de arte aqui da editora ficou com a difícil tarefa de desenvolver novas capas.

No final das contas, não é que o pessoal mandou muito bem no terceiro volume da série e acabou colorizando de forma brilhante uma baita ilustração para Super Onze 3?! Essa bela capa exclusiva da Editora JBC conquistou um merecido segundo lugar!

1° – Senhor dos Espinhos 4

O primeiro lugar do top ficou com mais uma coleção que merecia uma lista própria. Em O Senhor dos Espinhos o experiente mangaká Yuji Iwahara apresenta uma história de mistério e reviravoltas, com ação, suspense e uma dose de terror psicológico. Com um traço belíssimo o autor dá um show, com destaque para as páginas coloridas que abrem as edições.

Com um miolo pra lá de caprichado não dava para apresentar capinhas mixurucas e sem graça, né? Cada um dos mangás conta uma capa composta pelas principais cenas do volume, um pequeno teaser de encher os olhos que, com certeza, convenceu muita gente a levar o mangá pra casa.

A escolha não foi fácil, mas capa que conquistou a primeira posição foi a do quarto volume da série! A edição marcada pelo começo das revelações sobre o vírus medusa e um pedaço do passado dos personagens principais é adornada por uma bela capa composta por algumas cenas bastante expressivas, aprecie:

E é isso aí, galera. O campeão do ano foi O Senhor dos Espinhos! O mangá é muito bacana e… pera aí, não! Para com isso, me largue, nããããão… Sim, nós tentamos, mas é impossível. A ideia era fechar esse Top 7 sem a presença dele, mas não deu.

Mesmo com todas as posições ocupadas, a capa do ano vai para… Soul Eater 14!! O triunfante retorno de Excalibur!!! Mesmo que quiséssemos, não dá pra citar as capas mais bacanas que rolaram sem dar o devido valor ao mangá que leva o personagem mais forte, mais elegante e mais BACANUDO de todos!

Agora, sim. O Top 7 fica por aqui. Curtiu a lista? É claro que não deu pra citar todos os mangás e MUITA coisa bacana ficou de fora… quem sabe depois dessa minha pequena burlada no sistema, o Leo não aparece por aqui mais tarde e conta quais foram os 7 melhores pra ele? Ou quem sabe o próprio Gerente de Conteúdo, e mero goleiro nas horas vagas, Cassius Medauar não escolha suas sete capas favoritas… Bem, muita coisa pode acontecer. Fique de olho aqui na Henshin para conferir!

Ps. Comente no Face e Twitter quais suas capas preferidas do ano da JBC, quem sabe não fazemos um post com as mais votadas?

Concurso Super Camisa Onze

É pessoal, nós perguntamos para os leitores “Qual jogador da atualidade seria um Camisa Onze ideal para o time dos Super Onze, e por quê?“, e o resultado não poderia ter sido melhor! Um goleada de mensagens inundou a caixa de entrada oficial do Super Onze e foi muito difícil escolher quais seriam os onze componentes desta seleção.

Algumas nomes apareceram muito e mostraram que alguns jogadores estão mesmo na graça do povo. O argentino Lionel Messi foi o nome que mais se repetiu, aparecendo em dezenas de frases, inclusive com três delas entre as premiadas! Seguindo de perto, temos outro craque latino: Neymar. O garoto-estrela do Santos também foi um dos mais lembrados pelos leitores, que destacaram sua habilidade, juventude e, é claro, seu cabelo.

Correndo por fora, mas também agarrando o pódio da promoção tivemos alguns craques europeus como Joonas Jokinen, Casillas e Van Persie. Mas, no fim das contas, quem mais apareceu entre as mensagens selecionadas foi o surpreendente Walter, atacante do Goiás.

Controverso pelo excesso de peso, o atacante cativou o público com sua dedicação e habilidade em fazer as redes balançarem. Seu nome foi mencionado muitas vezes e rendeu duas citações nas frases premiadas.

Porém, o grande campeão do concurso não foi um dos nomes mais lembrados. O jogador não foi contratado por nenhum clube europeu, nem tem um salário de seis dígitos. Na verdade, o jogador que, sem sombra de dúvidas merece OSTENTAR o título de Super Camisa Onze é o homem, o mito, o gênio: Allejo!

Não importa se é copa, campeonato, liga ou promoção de mangá, o Craque Allejo entra em campo e derrota o oponente com raça e habilidade. Inclusive, nós tentamos vetar a participação do jogador, mas rapidamente ele utilizou o Código Konami e transformou nosso editor em cachorro!!

Parabéns aos ganhadores, esperamos que se divirtam com o novo mangá da JBC, entramos em contato com vocês via e-mail para solicitar os dados para o envio do prêmio. Muito Obrigado a todos que participaram e não desistam, da próxima vez vocês podem ser os premiados em mais um concurso recheado de mangás aqui da Editora!

Confira as frases selecionadas:

Lucas Tezotto
O jogador da atualidade que seria um Camisa Onze ideal para o Super Onze é: Joonas Jokinen,

do time suíço FC Baar! Para ser um jogador camisa Super Onze, é preciso ter Super Poderes, e o Joonas Jokinen tem o poder de fazer gols com mortais!

Anna Beatriz Cruz Costa

Messi, pois ele é um jogador que sabe o valor do futebol para as pessoas e para ele, ele tem uma incrível habilidade para jogar e sempre sorri, um verdadeiro Melhor Jogador de Futebol do Mundo.

João Lucas

Pra mim, um camisa 11 ideal para o time do Inazuma Eleven, seria aquele que fizesse de tudo um pouco pelo time. Desde suas próprias funções, até saber trabalhar com o grupo todo. Ajudando cada um dentro do possível. E claro, sempre respeitando o seu “inimigo”, mesmo que a força deste seja questionada por muitos. E acima de tudo, que mostre muita força e superação!! Mesmo que o humilhem e menosprezem. Acho que na nossa atualidade, um jogador com um perfil parecido seria o atacante do Goiás, Walter. O gordinho que todos duvidaram, tá mostrando muita bola e fazendo a alegria da torcida do alvi-verde e o desespero da zaga adversária.. haha’ ;)

Gilberto Pedro da Silva Junior

O jogador ideal para o super onze seria o Walter do Goiás, além de ser um dos destaques do ano, mesmo estando acima do peso ideal ele consegue se destacar e mostrar que nada é impossível quando se corre atrás de seus sonhos.

Bruno Miotto

Para mim, um jogador que deveria ser dos Super Onze, seria o goleiro do Real Madrid, Iker Casillas, porque ele se parece muito com o personagem-principal, o também goleiro Endo, por três razões:

-É um grande goleiro;

-Capitaneia sua equipe, tem um espírito que cativa os companheiros de equipe;

-E assim como Endo, não sabe o que é desistir, nos bons e maus momentos.

Fernando Henrique

Apesar da resposta parecer um pouco óbvia, o jogador da atualidade que seria um Camisa Onze ideal para o time dos Super Onze seria Lionel Messi. O motivo seria que a única explicação do porque ele jogar o que joga, é que ele é secretamente um personagem do mangá e usas seus poderes nas partidas.

Celso Pereira

Acho que seria o Messi, porque ele seria quase do tamanho da maioria dos Super Onze, que são crianças ainda, ninguém perceberia que ele era um adulto, e logicamente iria ter técnicas de super velocidade e dribles super legais.

Rafael Victor

Neymar – Barcelona

Pois representa hoje a juventude do futebol brasileiro, o garoto que começou a carreira e já joga como titular no Barcelona, tem muita qualidade e sobra técnica, é muito bom em fazer o que ele ama e também nossa alegria.

Bruno Otaku Fã da banda TKJ

Eu gostaria que o jogador Renato Abreu, ex-flamengo, fosse o camisa 11 do time dos Super Onze, por que ele é o eterno camisa 11 do flamengo, é o melhor batedor de faltas do Brasil e tem um chute super, hiper, mega potente. Cairia bem nesse timaço.

Otávio Tata

Bom, acho que o craque que deveria ser o camisa 11 do time Super Onze deveria ser ele: o mito, o craque, o DEUS DO FUTEBOL, ALLEJO!

Sim, isso mesmo! Allejo faz gol de bicicleta do meio de campo (nem o Goenji faz), faz gol de bunda, de cobrança de lateral, e faz gol que até Kami-Sama duvida!

Por isso ele deve ser o camisa 11 desse time!

Iohann Lacerda

Com certeza seria Robin van Persie (futebolista holandês que atua pelo Manchester United). Van Persie seria um excepcional camisa 11 para o time dos Super Onze, pois além de possuir um chute extremamente preciso e potente com sua perna esquerda, é um grande líder em campo, que passa confiança e coragem para seu time, assim como Shuya Goenji.