Categoria: Matérias

Yu Yu Hakusho vol. 3

Yu Yu Hakusho está de volta às bancas em edição especialíssima! Um dos mangás mais queridos pelos fãs brasileiros, e a primeira grande obra do mestre Yoshihiro Togashi, volta em formato para colecionador: 13,5 x 20,5 cm, papel offset, com média de 180 páginas (o dobro da primeira edição brasileira), periodicidade mensal e distribuição nacional, por R$14,90.

Na terceira edição, Yusuke é enviado em sua primeira missão como Detetive Espiritual: surge Kurama e Hiei!

Sinopse:

Após Yusuke solucionar diversos casos, como parte do Teste da Ressureição, o Mundo Espiritual decide que ele pode voltar ao seu corpo desde que superasse uma nova provação: ser um detetive Espiritual e capturar os criminosos que vem ao Mundo dos Vivos! Seu primeiro desafio é recuperar a Tríade dos Tesouros do Mal, capturada por 3 ladrões youkais! E, após essa dura missão, Yusuke ainda terá que participar da rigorossíssima seleção para ser discípulo de Genkai e impedir que Randou, um temível youkai, roube os ensinamentos da mestra!

Galeria:

C3PO: Os cosplayers vencedores

Além das palestras e shows, o estande da JBC na Comic Con Experience também foi sucesso absoluto por conta do CosplayOrder (C3PO), os concursos de cosplay organizados pela editora JBC em parceria com a CCXP.

Repleto de cosplays lindos e super bem feitos, os Desfiles aconteceram em todos os dias do evento, sempre às 18h, no animado estande da editora. A cada dia, três cosplayers eram premiados com brindes da JBC e site Omelete, além de entrada garantida na CCXP de 2015.

Já o Smash Challenge, a competição cosplay do C3PO, teve seletivas nos três primeiros dias, e pela internet antes do evento. Os finalistas se apresentaram no Thunder, o auditório principal (o mesmo auditório que recebeu a pré-estreia do terceiro filme de O Hobbit, por exemplo), que estava completamente lotado, e foi o evento que encerrou a CCXP 2014. Aqui estão os vencedores:

Na categoria “Best Show”, que premia a melhor performance, o vencedor foi Wilmar Arruda e Eduardo Villibor (Guarulhos – SP), como Charada e Batman.

Na categoria “Best Costume”, que escolhe a melhor fantasia, a premiada foi Elisa Oliveira Goria (Brasília – DF), como Lady Loki.

O “Dynamic Duo”, ou seja, a melhor dupla, foi Sergio Nogueira e Vinicius Oliveira, se apresentando como Coringa e Comissário Gordon no jogo Arkham Asylum.

O “Chosen One”, que fez a melhor performance individual, foi Hermes Barreto (Brasília – DF), em sua armadura de Homem de Ferro Mark I.

E o cosplayer escolhido pela CCXP como “Master Cosplay CCXP” foi Juno Cecílio (São Paulo – SP), que se apresentou como o Skull Kid dos games de The Legend of Zelda. Ele será o embaixador cosplay da CCXP até chegar a edição de 2015, na qual terá direito ao pacote “Full Experience” do evento. Ele vai representar o evento por todo o ano de 2015, ter seu trabalho como cosplayer divulgado pela organização do evento, além de marcar presença em programas de TV, jornais, revistas e etc. representando o hobby do cosplay. Será o “rosto” da CCXP!

A parceria deste ano foi um sucesso, e o C3PO reuniu alguns dos melhores cosplayers do evento. E ano que vem tem mais!! Não percam! E continuem sempre ligados aqui na Henshin!!

Bate-papo com os vencedores do BMA na CCXP!

O estande da JBC na Comic Con Experience foi um dos mais animados, com dança, shows e muito mais. Mas, claro, também tivemos uma programação recheada de conteúdo pra quem é leitor de mangás. Um dos bate-papos mais especiais da nossa programação aconteceu no sábado, dia 6, onde reunimos todos (sim, todos!!) os vencedores do Brazil Mangá Awards 2013/2014 (o Concurso Nacional de Mangás da JBC)!

A reunião em si já é um feito e tanto: com vencedores que vão de Curitiba a Fortaleza, juntar todos em um lugar só é motivo de muito orgulho para a Editora JBC. E por isso aproveitamos para fazer a premiação oficial do BMA e entregamos um prêmio simbólico da editora: kits de desenho do mangá Bakuman!

Todos reunidos!
Todos reunidos!

Os autores contaram como foi a produção das histórias para o concurso e algumas curiosidades, como por exemplo o fato de que, tirando Starmind e Quack, todas as outras histórias foram feitas por duplas cujos integrantes moravam em estados diferentes do Brasil, e e que por isso tiveram de conversar (e às vezes discutir) muito via Skype e tentar criar suas histórias dessa maneira.

Todos os autores são tão fãs de mangá que, claro, queriam muito publicar as próprias histórias. O roteirista de Starmind, Ryot, por exemplo, já produz quadrinho independentemente, e estava lançando outra compilação de suas tirinhas, o Ryotiras 4, lá no Artist Alley da CCXP. Já o Kaji Pato (que também estava no Artist Alley) vai publicar outras histórias de Quack pela Editora Draco; uma oportunidade que aconteceu através da publicação da Henshin Mangá!

E ainda, ao final do bate papo, os autores deram autógrafos para o público presente no Henshin Mangá, a publicação que reuniu as histórias vencedoras do BMA feitas por eles.

Edição da Henshin Mangá autografada por todos os autores vencedores, direto do Instagram de Cassius Medauar
Edição da Henshin Mangá autografada por todos os autores vencedores, direto do Instagram de Cassius Medauar

Confira abaixo um pequeno trecho do bate-papo, filmado pelo nosso editor/mediador/câmera-man Cassius Medauar.

Fique ligado aqui na Henshin que vamos contar muito mais do que rolou no nosso estande na CCXP!!

Yu Yu Hakusho vol. 2

Yu Yu Hakusho está de volta às bancas em edição especialíssima! Um dos mangás mais queridos pelos fãs brasileiros, e a primeira grande obra do mestre Yoshihiro Togashi, volta em formato para colecionador: 13,5 x 20,5 cm, papel offset, com média de 180 páginas (o dobro da primeira edição brasileira), periodicidade mensal e distribuição nacional, por R$14,90.

Na segunda edição, Yusuke continua seu teste para ressurreição, mas seus amigos continuam em perigo em vida!

Sinopse:

Keiko foi raptada pelo delinquente da escola Kasane-ga-fuchi, bem no dia em que Yusuke voltou ao seu corpo por um dia! O problema é que as regras do Mundo Espiritual não permitem que ele converse com Keiko, e isso torna o resgate dela muito mais complicado… E ainda, Koenma vem com uma notícia extraordinária para Yusuke! Será que ele poderá ressuscitar de vez?

Galeria:

Zetsuen no Tempest em 2015 pela JBC

De um lado, uma jornada por vingança em nome da justiça, em memória da irmã morta. Do outro, um desejo de vingança em nome da honra, para reaver a posição de líder e salvar o mundo. Em meio a tudo isso, um garoto comum, tentando ajudar seu melhor amigo enquanto é levado à força para um lado oculto do mundo, cheio de magia e conspirações. O risco? A destruição de toda a civilização.

Inspirado em Hamlet e A Tempestade, dois dos maiores clássicos de William Shakespeare, Zetsuen no Tempest – The Civilization Blaster é um dos novos títulos da JBC para 2015. Anunciado no evento Henshin+ Pocket realizado no Rio de Janeiro, o mangá, escrito por Kyō Shirodaira e ilustrado por Arihide Sano e Ren Saizaki, foi publicado na revista Shonen GanGan (a mesma de Fullmetal Alchemist e Soul Eater), e é completo em 10 volumes.

Confira todas as informações:

Título oficial: Zetsuen no Tempest – O Destruidor da Civilização
10 edições, completo;
Preço: R$ 14,50;
Periodicidade: Mensal;
Papel jornal brite 52g;
Média de 250 páginas por edição;
Capas internas coloridas;
Dimensões: 12 cm x 18 cm;
Distribuição: ainda não divulgado;
Lançamento: Fevereiro/2015.

Capa do Volume 1 pela JBC.
Capa do Volume 1 pela JBC.

Em 2012, ganhou adaptação em animê pelo estúdio Bones (que também adaptou FMA e Soul Eater) em 24 episódios, e conquistou muitos fãs, inclusive aqui no Brasil, que ficaram muito empolgados por poderem ler Zetsuen No Tempest em português!

O mangá chega às bancas brasileiras em fevereiro de 2015. Fique sempre ligado aqui na Henshin, no Twitter e no Facebook, para saber todas informações. E se prepare para o fim da civilização!

Conheça Green Blood, novo lançamento da JBC

Durante o Henshin Online 25, o gerente de conteúdo da Editora JBC, Cassius Medauar, anunciou Green Blood, mais um dos lançamentos confirmados pela editora ainda para 2014.

A obra de Masasumi Kakizaki trabalha com um tema pouco explorado nos mangás: a fundação da cidade de Nova York e a situação dos imigrantes, que viviam em um ambiente recheado de violência e miséria, dominado por gangues, irlandesas e americanas, que disputavam violentamente o controle da área no século 19. O clima da obra é similar ao do premiado filme de Martin Scorsese, Gangues de Nova York.

A história acontece na famosa interseção novaiorquina conhecida como Five Points, palco para diversos conflitos envolvendo gangues e disputas de território e poder durante boa parte do início daquele século, além de ser uma das áreas mais miseráveis de toda a cidade. A trama aborda uma realidade bastante dura, permeada pela morte, injustiça, vingança e redenção, em cinco volumes eletrizantes.

Os roteiros de Kakizaki são surpreendentes, mas quem rouba a cena no mangá e tira o fôlego do leitor, página após página, é sua arte espetacular, com uma narrativa visual fora do comum e ilustrações impactantes, capaz de transmitir o tom e o clima presentes na obra.

Ficha técnica completa:

Título oficial: Green Blood;
5 edições completo;
Preço: R$ 14,50;
Periodicidade: Mensal;
Papel jornal brite 52g;
Impressão colorida nas capas internas;
Capa com laminação fosca;
Páginas coloridas no Volume 1;
Dimensões: 13,5 cm x 20,5 cm;
Distribuição: setorizada;
Pré-lançamento na Comic Con Experience e em lojas especializadas: DEZEMBRO/2014.
Lançamento em bancas: JANEIRO/2015.

Volume 1 pela JBC.
Volume 1 pela JBC.

Tudo sobre Soul Eater Not! pela JBC

O surpreendente Soul Eater, de Atsushi Ohkubo, chegou ao fim com 25 emocionantes volumes. Mas enquanto a batalha contra o Kissin se desenrolava, o fantástico mundo criado pelo mangaká continuava a se desenvolver em segundo plano. E para mostrar todo esse universo da maneira mais divertida possível, eis que surge Soul Eater Not!

Como o próprio autor diz, na seção “Atsushi’s” do volume 20, esse spin-off foi criado para contar tudo que ele criou para o universo da AMAAN e Death City, sem parecer uma enciclopédia chata, nem atrapalhar o desenvolvimento da história principal. Ainda assim, o mangá pode ser lido mesmo por quem não conhece a obra principal, já que conta uma história nova e independente.

Soul Eater Not! se passa 1 ano antes do começo de Soul Eater, e conta a história de três alunas da AMAAN: Tsugumi Harudori, uma arma (e fã da Maka Albarn); e duas artífices, Meme Tatane e Anya Hepburn. É uma série de comédia, com o humor escrachado e nonsense típico do Ohkubo.

Capa do Volume 1 pela JBC.

Capa do Volume 1 pela JBC.

Confira todos os detalhes técnicos aqui:

Título oficial: Soul Eater Not!;
4 edições, em andamento no Japão (encerramento já anunciado, provavelmente no vol. 5);
Preço: R$ 12,50;
Periodicidade: Mensal;
Papel jornal brite 52g;
Impressão colorida nas capas internas;
Média de 200 páginas por edição;
Dimensões: 12 cm x 18 cm (mesmo formato de Soul Eater);
Distribuição: setorizada;
Lançamento: Final de novembro/2014.

É fã de Soul Eater e quer conhecer o Not? Dê uma olhada no seu volume 22, que lá tem um preview superespecial, com quase todo o capítulo 1 do spin-off! E fique ligado na Henshin para mais informações!

Conheça “Só Você Pode Ouvir”

Um dos grandes sucessos da JBC em 2013, Another é um exemplo de como o terror e o suspense japonês são bem aceitos pelo público brasileiro. Com a legião de fãs que o mangá de Yukito Ayatsuji e desenhado por Hiro Kiyohara tem por aqui, a JBC trouxe, em 2014, Tsumitsuki – Espírito da Culpa, um suspense sobrenatural em volume único, do mesmo artista. E agora chegou a hora de conhecer mais duas obras de Kiyohara, em histórias que vão surpreender quem acha que ele só sabe fazer terror. Conheça Só Você Pode Ouvir, e clique aqui para conhecer Feridas – Kizu.

À esquerda, ed. japonesa de Só Você Pode Ouvir. À direita, edição japonesa de Kizu. Ao centro, edição brasileira de Tsumitsuki.
À esquerda, ed. japonesa de Só Você Pode Ouvir. À direita, edição japonesa de Kizu. Ao centro, edição brasileira de Tsumitsuki.

– Só Você Pode Ouvir

Só Você Pode Ouvir (Kiminishika Kikoenai) é a história de Ryo, uma garota com muita dificuldade de se comunicar com seus colegas de classe, e que queria muito ter um telefone celular, já que todos têm um. O desejo é tão forte que ela começa a imaginar como seria seu “celular dos sonhos” em todos os detalhes. Até que ela se imagina fazendo uma ligação pelo celular imaginário. Mas alguém atende. Tem uma pessoa do outro lado da linha!

É um drama tocante, sobre solidão e superação, e completo em um volume. O mangá, adaptado por Kiyohara, é inspirado em um conto do autor Otsuichi, que inclusive ganhou uma adaptação para os cinemas em 2007. Confira o trailer:

Título oficial: Só Você Pode Ouvir;
Volume único;
Preço: R$ 13,90;
Papel jornal brite 52g;
4 páginas coloridas;
Capas internas coloridas;
Dimensões: 13,5 cm x 20,5 cm;
Distribuição: Nacional;
Lançamento: Novembro/2014.

Capa nacional.
Capa nacional.

Para mais detalhes sobre esses lançamentos, fique sempre ligado nas redes sociais da Henshin, no Twitter e Facebook!

Yu Yu Hakusho vol. 01

Yu Yu Hakusho retorna às bancas em edição especialíssima! Um dos mangás mais queridos pelos fãs brasileiros, e a primeira grande obra do mestre Yoshihiro Togashi, volta em formato para colecionador: 13,5 x 20,5 cm, papel offset, com média de 180 páginas (o dobro da primeira edição brasileira), periodicidade mensal e distribuição nacional, por R$14,90.

Sinopse:

Yusuke Urameshi – um jovem delinquente rude, violento e impaciente – parece só dar dor de cabeça para sua mãe, professores e vizinhança. Até que, um dia, depois de salvar um garotinho, acaba morrendo atropelado por um carro. Porém, como sua morte não era esperada nem pelo Mundo Espiritual, a ele é dada a chance de voltar à vida caso consiga passar pelo Teste da Ressureição. Acompanhado de Botan, a guia do Mundo Espiritual, Yusuke irá viver aventuras sobrenaturais até poder retornar ao seu corpo.

Galeria:

Tudo sobre Magi – O labirinto da magia

A JBC tem orgulho de trazer um dos melhores e mais populares mangás da atualidade ao Brasil: Magi – O labirinto da magia.

A obra da autora Shinobu Ohtaka vem sendo publicada na revista semanal Shonen Sunday desde 2009, sempre figurando entre os mangás mais vendidos do Japão. É uma obra muito elogiada por público e crítica, inclusive vencendo o 59º Prêmio Shogakukan como melhor shonen de 2013. Aqui no Brasil, ficou popular por sua adaptação em animê, que já tem duas temporadas.

Em Magi, acompanhamos Aladim, um garoto misterioso com uma flauta mágica, que viaja pelo mundo em busca de tesouros, por conta da promessa que fez a um amigo. Ele conhece Ali Babá, um jovem que sonha em conquistar uma das “dungeons”, construções de origem desconhecida que surgiram do nada há 14 anos. E assim se inicia a aventura, por dungeons, desertos, reinos, guerras e toda a magia das Arábias!

E agora, a JBC traz a história de Aladim em edição caprichadíssima. No Anime Friends 2014 o editor Cassius Medauar e o assistente de tradução Thiago Nojiri falaram sobre a obra e sua adaptação para o português.

A autora diz (em textos onde ela fala sobre o processo de desenvolvimento do mangá, que estarão na edição brasileira) que a escolha de usar o universo das Mil e Uma Noites e os nomes destes personagens tem a intenção de fazer com que eles sejam mais acessíveis aos leitores, já que são personagens já populares e conhecidos mundialmente.

Neste espírito, a adaptação para o Brasil escolheu utilizar a grafia do nome dos personagens que foi consagrada historicamente em edições das Mil e Uma Noites no Brasil. Como Aladim, Ali Babá, Morgiana, Simbad, etc. Mas cada caso é estudado separadamente

Por exemplo, outros termos são mais ligados ao universo específico do mangá, como “dungeon” (deixado em inglês por conta da conexão do conceito com os videogames e RPGs) e “djinn” (mantido assim para se distanciar do “gênio da lâmpada” específico, e ser mais uma categoria de criaturas do mangá).

Todas as decisões foram tomadas depois de muita pesquisa e discussão entre a redação, já que é um mangá querido por todos na JBC.

Magi chega às bancas dia 28 de julho, e já vai estar disponível no segundo fim de semana do Anime Friends! Assine no estande da JBC e leve seu mangá a hora (e, em breve, disponível aqui na página de assinaturas da JBC). Confira abaixo todas as informações:

Título oficial: Magi – O labirinto da magia;
22 Edições, em andamento no Japão;
Preço: R$ 12,90;
Periodicidade: Mensal;
Papel jornal brite 52g;
Impressão colorida nas capas internas;
Média de 200 páginas por edição;
Dimensões: 13,5 cm x 20,5 cm;
Lançamento: 28 de Julho/2014.