Categoria: Matérias

Mangá na Veia: Vamos lembrar!

Há alguns meses a Editora JBC realizou em parceria com a Fundação Pró Sangue a campanha Mangá na Veia. A ideia por trás do projeto foi unir todos os leitores de histórias em quadrinhos em prol de uma causa muito bacana: a doação de sangue!

Durante o período de coleta, diversos leitores foram aos postos da Pró Sangue e fizeram sua parte, incluindo o pessoal da editora, que deu o pontapé inicial nas doações!

Campanha Mangá na Veia

Campanha Mangá na Veia

A campanha já se encerrou e a Editora JBC e a Pró Sangue prestam seus sinceros agradecimentos a todos que participaram e divulgaram o projeto. No entanto, é importante lembrar que os bancos de sangue sempre precisam de novos doadores! 

Com a chegada do frio,o ritmo das doações diminui, mas a necessidade dos postos e hospitais continua a mesma, por isso é ainda mais importante que o maior número possível de pessoas doe neste período.

Mesmo após o fim oficial da campanha Mangá na Veia, aproveitamos o momento para estender o convite para que todos sigam com as doações e o apoio! O processo é seguro e rápido, e realmente pode fazer toda a diferença!

Para saber mais detalhes sobre postos de coleta e o processo de doação, acesse o site oficial da fundação. Contamos com a participação de todos!

Watsuki no Brasil: Mais Detalhes!

No último dia 2 de junho, a Fundação Japão liberou mais detalhes sobre a vinda do mangaká Nobuhiro Watsuki ao Brasil. Como já havia sido confirmado, o autor de Rurouni Kenshin virá ao país em julho para o Fest Comix, e agora foi revelado que dará uma palestra às 14h do dia 18/07, sábado, e a JBC participará da organização dessa palestra.

Além deste encontro, Watsuki realizará uma palestra na Gibiteca Henfil,  no Centro Cultural São Paulo, às 19h30 do dia 17 de julho. O evento será conduzido pela Profª Drª Sonia Luyten, especialista em mangás e cultura japonesa, e por Francisco Sato, presidente da ABRADEMI, Associação Brasileira de Desenhistas de Mangá e Ilustrações.

Kenshin Fundação japz

Também foi confirmada pela fundação a vinda da Kaworu Kurosaki, esposa de Watsuki, roteirista de animês e games como Super Campeões e Wilds Arms. Kurosaki participará das duas palestras ao lado do marido, nas quais ambos comentarão suas trajetórias dentro do mundo dos mangás e os bastidores de seus projetos mais famosos.

A roteirista veio ao Brasil em 2014, e fez uma visita à redação da Editora JBC, com direito a sessão de fotos e um vídeo especial com dicas para os participantes do Brazil Manga Awards, o concurso de quadrinhos da editora. Confira:

Além das ilustres visitas, também ocorrerá no Fest Comix o lançamento da nova edição de A Sakabatou de Yahiko, completando a coleção em formato especial de colecionador de Rurouni Kenshin, que teve seu vigésimo oitavo e último volume publicado no começo deste ano.


Mais detalhes sobre o mangá e sobre as palestras de Nobuhiro Watsuki devem ser revelados em breve.

Hellsing está de volta!

Junho será marcado por um retorno muito especial: Hellsing. O mangá de Kohta Hirano volta às bancas brasileiras em uma edição especial de colecionador, com o dobro do número de páginas da primeira publicação. Confira a nova capa nacional do primeiro volume da coleção:

Capa completa do 1º volume da nova edição.

Capa completa do 1º volume da nova edição.

 

Em uma narrativa carregada de suspense, ação e terror, o mangá acompanha as atividades da Organização Hellsing, responsável por livrar a Inglaterra dos males que espreitam na noite. Alucard é a principal arma da Hellsing contra estes seres, e sua história se cruza com a da novata Seras Victoria e a da chefe da organização, Integra Wingates Hellsing.

Com foco no público adulto, o mangá compõe a linha de títulos com censura para maiores de 18 anos da editora, ao lado do eletrizante BTOOOM!, do super sucesso ZETMAN e do recém encerrado Green Blood, além de Freezing, que está encostado na publicação japonesa, e deve ter seu novo volume publicado em breve.

A edição especial será completa em 10 volumes (mesmo número da edição japonesa), com papel offset, formato 13,5 cm x 20,5 cm, média de 200 páginas, periodicidade mensal e distribuição nacional, por R$16,50. O mangá chega em junho em livrarias, lojas especializadas e bancas, reforçando a linha de relançamentos especiais da JBC ao lado de Chobits, Yu Yu Hakusho e Love Hina.

Em breve, mais informações sobre o mangá serão divulgadas, assim como o plano de assinatura, que estará disponível no site oficial do serviço.

Mais uma linda história do CLAMP: Wish

Num dia qualquer, voltando para casa normalmente, o jovem médico Shuichiro Kudo encontra um anjo que caiu do céu e o salva do ataque de um corvo. O anjo, Kohaku, diz que agora precisa agradecer, e que vai conceder um desejo, seja qual for, a Shuichiro. Porém, o médico, surpreendentemente, não tem nenhum desejo a fazer! A única escolha que resta a Kohaku é morar com o humano e esperar até que ele possa realizar algum desejo.

E é dessa maneira inusitada que começa mais um lindo trabalho do grupo CLAMP: Wish! Esta obra inédita no Brasil conta a clássica história de um amor proibido, que quebra até mesmo as barreiras entre o Mundo Celestial e o Submundo. Além disso, Wish também tem relação direta com outra obra do CLAMP publicada pela JBC, Kobato (publicado no Japão depois de Wish), e que também tem a participação do anjo Kohaku.

Wish 01 Capa_g

Capa completa do primeiro volume brasileiro.

Wish foi publicado no Japão na revista shoujo Mystery DX, de 1995 a 1998, e é completo em 4 volumes. Aqui no Brasil, a edição da JBC vem em formato 13,5 x 20,5 cm, papel brite 52 g, páginas coloridas, periodicidade mensal e distribuição nacional, por R$14,50. Em breve, pacote de assinatura!

Henshin Online 27, onde anunciamos Wish!!

Este foi o 10º título anunciado para 2015 pela JBC. E agora, já são 23!! Será que vem mais por aí? Acompanhe sempre as redes sociais, no Facebook, no Twitter e no canal da Henshin no Youtube!

wish 01

Kill la Kill, primeiro mangá do selo Ink!

Parecia até mentira, mas no último 1º de abril a JBC fez um anúncio de verdade: o lançamento da versão em mangá de Kill la Kill! A obra, adaptada pelo mangaká Ryo Akizuki baseada no animê do estúdio Trigger, vem para ser a primeira obra japonesa do selo Ink, e será editada pelo experiente Marcelo Del Greco, um veterano da editora.

Kill la Kill conta a história de Ryuko Matoi, uma garota que jurou vingar a morte do pai. A única pista que ela tem é uma espada em forma de metade de uma tesoura. Assim, ela parte para a Academia Honnouji, onde acredita haver mais pistas, e entra em conflito com Satsuki Kiryuin, a grande líder da Academia. A peça final desta louca aventura é descoberta por acidente: Um uniforme colegial… vivo… com superpoderes!!!

O animê, do estúdio Trigger, desenvolvido pela mesma equipe de Tengen Toppa Gurenn Lagann (pelo estúdio Gainax) ficou famoso por contar uma história emocionante, repleta de personagens cativantes, da maneira mais maluca e exagerada possível. Kill la Kill é pura loucura, ação e adrenalina!

https://youtu.be/scRQ3AXe4hw

A versão em mangá, pelas mãos de Ryo Akizuki, foi publicada na revista japonesa Young Ace (direcionada para o público jovem-adulto, “seinen”) de 2013 a 2015, e seu final foi anunciado na 3ª edição, adaptando parte da série de TV. Existe a possibilidade de uma continuação, mas por enquanto essa é a série completa em mangá.

A edição brasileira será o primeira obra japonesa do selo Ink Comics, da Editora JBC. A ideia do selo é abrir a possibilidade de se publicar obras diferentes, de estilos e nacionalidades variados, como obras brasileiras, americanas, europeias e até, claro, japonesas; além de ser uma maneira de experimentar novos formatos de publicação e distribuição, ampliando a gama de possibilidades e a diversidade do catálogo JBC. Também permite que se publiquem obras que não poderiam ser encaixadas na grade da Editora JBC imediatamente. A edição fica por conta de Marcelo Del Greco, que trabalhou nos primórdios da JBC e agora retorna para cuidar dos mangás japoneses que venham a ser publicados pelo Ink.

Capa completa nacional do primeiro volume!

Capa completa nacional do primeiro volume!

Kill la Kill chega no começo do mês de junho/2015, em formato 12 x 18 cm (mesmo formato de Sailor Moon) e páginas coloridas em todas as edições, pelo preço de R$13,90. E vem muito mais por aí, tanto pela JBC como pelo Ink. Acompanhe as novidades pelas nossas redes sociais, no Twitter e no Facebook!

Nobuhiro Watsuki, autor de Rurouni Kenshin, virá ao Brasil

É com orgulho que anunciamos uma das novidades mais legais de 2015 (e o olha que só de anúncios de mangá já foram 23!!): o autor de Rurouni Kenshin, Nobuhiro Watsuki visitará o Brasil pela primeira vez!!

Em uma parceria histórica entre a Editora JBC, a Fundação Japão e a Comix Book Shop, o renomado mangaká virá em julho, com participação já confirmada no Fest Comix. Com ele estará sua esposa, Kaworu Kurosaki, que o auxiliou no desenvolvimento das novels de Rurouni Kenshin, e no mangá Buso Renkin, além de ter feito o roteiro-base para a adaptação cinematográfica das aventuras do Kenshin. Kaworu já esteve aqui em 2014, e até deu uma passadinha aqui na Redação JBC. Agora é a vez do maridão conhecer o Brasil!

Olha só que linda a imagem oficial que o próprio Watsuki-sensei fez pra comemorar sua passagem por aqui:

Na imagem, o porquinho (Watsuki) e a lesminha (sua esposa Kaworu Kurosaki) mandando um "Viva Brasil!!"

Na imagem, o porquinho (Watsuki) e a lesminha (sua esposa Kaworu Kurosaki) mandando um “Viva Brasil!!”

Pra comemorar, teremos o lançamento de A Sakabatou de Yahiko, o epílogo de Rurouni Kenshin! A 23ª novidade do ano é super especial, e vem para compor a coleção especial da história do ex-Retalhador.

detalhes_template_sakabatou

O Fest Comix acontece dias 17, 18 e 19 de julho. Em breve teremos mais informações sobre a vinda do autor ao Brasil, sua agenda e tudo que vai rolar. Não perca!

JBC relança Chobits para Colecionador

Após o relançamento de dois grandes títulos do grupo CLAMP, Card Captor Sakura e Guerreiras Mágicas de Rayearth, e o anúncio do inédito Wish (pra junho) mais um clássico das famosas autoras volta às bancas pela JBC: Chobits.
Com uma narrativa que mistura a comédia romântica e a ficção cientifica, Chobits apresenta a vida de Hideki Motosuwa, um jovem que encontra no lixo aquilo que mais desejava: uma persocom, um computador pessoal humanoide. Chii, na teoria, é capaz de fazer tudo que seu dono ordenar, e ainda por cima tem a aparencia de uma bela jovem. Mas há um mistério por trás dessa aparente perfeição e do fato dela estar largada por aí! Confira a capa do primeiro volume:

Capa nacional do primeiro volume da nova coleção de Chobits!

Capa nacional do primeiro volume da nova coleção de Chobits!

Lançado originalmente no Brasil pela Editora JBC em 2003, o mangá retorna 12 anos depois em uma edição especial de colecionador. Completo em oito volumes, tem média de 190 páginas, formato 13,5 cm x 20,5 cm (o mesmo de Sakura e Guerreiras Mágicas), páginas coloridas, papel offset, periodicidade mensal e distribuição nacional, custando R$ 16,90.

O primeiro volume da nova coleção começou a chegar esta semana para bancas, livrarias e lojas especializadas e reforça a linha de relançamentos da JBC em novo formato, hoje composta por Yu Yu Hakusho e Love Hina, mas que tinha Rurouni Kenshin até março, e que, em junho, ficará ainda mais forte com a nova edição de Hellsing.

El psy kongroo! Conheça Steins;Gate, novo mangá da JBC!

Rintaro Okabe, ou como ele prefere ser chamado, Kyouma Hououin, é um autointitulado “mad scientist maluco” (o inglês dele é péssimo…) que acredita ser perseguido pela “Organização” (em compensação, a imaginação dele é ótima!).
Líder do laboratório de invenções Mirai Gadget, seu último invento, o teleforno (provisório) parece alterar a configuração molecular do que é colocado nele, criando, por exemplo, o que os membros do laboratório chamam de “banana-gel”.
Mas Okabe está intrigado, pois coisas estão acontecendo à sua volta, e ninguém tem consciência desses fatos. Por que apenas ele tem memória desses acontecimentos?
Quando ele decide investigar, acaba descobrindo planos da SERN (uma brincadeira com o instituto científico CERN, que fica na Suíça) de usar seu colisor de hádrons para viajar no tempo. A fim de testar a teoria, Okabe usa seu teleforno e… As consequências são imprevisíveis!

É assim que entramos de cabeça nessa história maluca que é Steins;Gate! Uma ficção científica supercomplexa e inteligente, com muita comédia e referências que são um prato cheio pra quem conhece a cultura pop japonesa, e pra quem quer um bom sci-fi. Porque viagem no tempo é sempre legal!

Capa do Volume 1 nacional.
Capa do Volume 1 nacional.

O mangá de Yomi Sarachi, completo em três edições, adapta o jogo de sucesso da 5pb. e da Nitroplus, que, em 2011, foi um grande fenômeno na televisão japonesa em sua adaptação para animê, que rendeu ainda o elogiadíssimo filme “Steins;Gate: Fuka Ryōiki no Déjà vu”, de 2013. Além disso, recentemente foi anunciada uma continuação para o jogo, intitulada “Steins;Gate Zero”, que também será adaptado para animê, ambos ainda sem data.

Confira todos os detalhes da edição brasileira, pela Editora JBC:

Título oficial:Steins;Gate;
Completo em 3 volumes;
Preço: R$ 13,90;
Papel brite 52g;
Capas internas coloridas;
4 páginas coloridas
Dimensões: 13,5 cm x 20,5 cm;
Distribuição: Nacional;
Lançamento: Abril/2015.

JBC publica mangá histórico sobre a 2ª Guerra

Originalmente publicado em 2006 por Naoki Hyakuta, o romance “Zero Eterno” (Eien no Zero no original) é um fenômeno editorial no Japão. Retratando a história e o passado de quem viveu uma época de guerra através do ponto de vista de quem nunca presenciou uma, em 2013, “Zero Eterno” tornou-se o livro mais vendido do país ao alcançar a proeza de mais de 3 milhões de cópias vendidas, e hoje, esse número já ultrapassa 4 milhões.

Com o sucesso, o romance virou um mangá em cinco volumes, que será publicado pela JBC no Brasil. Foi também adaptado para o cinema em 2013, chegando a liderar as bilheterias do Japão com mais de 8 bilhões em arrecadação, e recentemente ganhou o prêmio na categoria “Melhor Filme” do 38º Japan Academy Awards. Em 2015, a trajetória de Kentaro em busca da história de seu avô “kamikaze” ganhou uma adaptação para a TV, em uma minissérie de três capítulos.

Capa do Volume 1 nacional.
Capa do Volume 1 nacional.

Na trama seguimos Kentaro Saeki, um jovem de 26 anos que sente que sua vida está estagnada: há alguns anos reprovando no Exame Nacional de Advocacia, o rapaz sente falta de algo que o faça ter motivação e fazer o “motor” da sua vida funcionar. Até que, um dia, sua irmã o contrata para uma importante pesquisa: descobrir quem foi Kyuzo Miyabe, seu verdadeiro avô, homem que batalhou nos céus da Guerra do Pacífico de 60 anos atrás, pilotando um caça Mitsubishi A6M Zero, e morreu em missão pelo Tokkotai, a esquadra de pilotos suicidas muito atuante durante a Segunda Guerra Mundial.

A partir disso, Kentaro vê sua vida finalmente tomar um rumo ao descobrir mais sobre os valores e o modo de pensar de quem sobreviveu a esse passado não tão distante e confrontá-los com o presente que não parece entendê-los. E os leitores têm a oportunidade de revisitar a 2ª Guerra Mundial sob o ponto de vista japonês, descobrindo detalhes e teorias diferentes do conhecido pela maioria das pessoas.

O título, Eien no Zero, ou Zero Eterno, em tradução literal, se refere a um dos temas centrais da obra, os pilotos Kamikazes. Os caças que eles usavam e, por extensão, os próprios pilotos, eram apelidados de Zero por causa do tipo de missão e por estarem dispostos a “morrer pela causa”.

Zero Eterno é mais um lançamento especial da editora JBC para livrarias, em formato 13,5 X 20,5, papel Off-set e orelhas. E sairá de forma mensal.

Enigma, de Kenji Sakaki

Seguindo sua linha de mangás de suspense e mistério, da qual já fazem parte Doubt, Jogo do Rei e Diário do Futuro, a JBC lança agora em abril o mangá Enigma, da autora Kenji Sakaki.

Publicado originalmente pela editora Shueisha na revista Shonen Jump, uma das mais conceituadas do Japão, entre 2010 e 2011, teve 54 capítulos e depois deu origem a sete encadernados, ou tankobons.

A história começa com Sumio Haiba, um colegial comum… se ignorarmos o fato dele possuir o “diário dos sonhos”, um caderno onde escreve previsões do futuro próximo durante o sono!! Só que por deter esse poder, ele é raptado durante a noite e confinado em seu colégio por uma existência que se autointitula “Enigma”.

Mas ele não está sozinho. Outras seis pessoas com “talentos únicos” também foram raptados e terão que escapar do colégio onde estão enclausurados, achando pistas e senhas espalhadas por lá, mas tendo que se esconder de algo estranho que está lá junto com eles, os Shadows! Se prepare para muitas reviravoltas, suspense e surpresas conforme os talentos especiais dos sete sequestrados forem sendo revelados.

Capa do Volume 1 nacional.
Capa do Volume 1 nacional.

Uma curiosidade interessante é que apesar de ainda hoje existirem mais mangakás homens, as autoras vêm conseguindo emplacar vários títulos de sucesso em grandes revistas. E Kenji Sakaki, a autora de Enigma, se junta ao roll de mangás famosos escritos por mulheres que a JBC está lançando, ao lado de Sailor Moon, Magi, Blue Exorcist, Lost Canvas Gaiden e dos vindouros Wish e Chobits, do grupo Clamp, e Vitamin.

Enigma terá sete volumes volumes no total, será impresso em papel bright 52, terá média de 200 paginas por edição, capas internas coloridas e será mensal.