Animê de Orange: Primeiras Impressões

Orange é um mangá recente, que terminou faz pouco tempo tanto no Japão como no Brasil. No outro lado do mundo, o último tanko foi lançado em outubro de 2015 e, aqui, a JBC concluiu sua publicação em março de 2016.

Graças ao seu grande sucesso por lá, Orange foi um dos títulos que ganhou animê e chegou nas telinhas japonesas! Anunciado em meados de abril, os fãs (e a redação JBC também) foram à loucura com a notícia!

orange_poster_H_TOHOnashi_CS6

Primeiro pôster da animação!

Orange começou a ser exibido no início de julho e já tem 2 episódios, e hoje vamos apresentar nossas primeiras impressões da adaptação! A análise foi feita em cima do episódio 1.

 

HISTÓRIA

Orange conta a história de Naho Takamiya, uma garota normal no 2º colegial que recebe uma misteriosa carta de si mesma, só que de 10 anos do futuro! Nela, estão escritos detalhes minusciosos e pertinentes da vida da garota que, com 26 anos, está cheia de arrependimentos, e todos esses detalhes estão centrados em um único pedido: “salve o Kakeru”.

No começo, Naho nem se importa muito com a carta, mas tudo o que está escrito nela começa a acontecer de verdade! Vendo que não é apenas uma “brincadeira de mal gosto”, a garota começa a ficar atenta aos pontos marcados na carta e tenta, também com a ajuda dos amigos, mudar o futuro.

O ANIMÊ

Os animadores estão fazendo um bom trabalho! Os personagens correndo, rindo, cheio de expressões… A iluminação também está diferente dos animês convencionais, o que dá mais realismo para as cenas e os personagens. Toda a delicadeza que o mangá possui mais os cenários supercaprichados da cidade de Matsumoto estão dando muito gosto de ver o animê!

Corre, galera!

Corre, galera!

A escolha das cenas também está superbacana; os cortes são muito parecidos com slides de filmes, dando uma fluidez que normalmente não se tem nos animês. Por exemplo, quando o grupo de amigos está andando pela cidade, há uma sequência de cenas que mostram vários pontos da cidade japonesa, que além de ser algo original da adaptação, dá a sensação ao expectador de estar assistindo um filme liveaction. Sério, ficou lindão!!

A atuação dos dubladores também não decepciona! Os protagonistas são Kana Hanazawa como Naho e Seiichiro Yamashita como Kakeru. Pra quem leu o mangá, talvez tenha sentido falta dos vários pensamentos e indagações que Naho tem (e ela pensa muuuuuito durante a obra toda), mas essa falta de pensamentos é suprida pelas expressões da personagem e a belíssima atuação de Hanazawa.

É fácil perceber quando a garota está feliz, envergonhada, em dúvida… Não é preciso apenas palavras para transmitir o que a pessoa sente, as ações também dizem muita coisa. Nesse ponto, o animê conseguiu de cara captar bem a personalidade de Naho. Ela é a que mais brilha, mas os outros dubladores também estão fazendo um trabalho fantástico!

tumblr_o8s3xbIqFf1u8x83lo2_500

“Que foi, Naho? “N-nada, não.”

E as músicas? Como não chorar com as letras delas? (Hora de preparar uns lencinhos!)
A abertura é de Yuu Takahashi com “Hikari no Hahen” (Fragmentos de Luz) e o encerramento é de Kobukuro, com “Mirai” (Futuro).

Os artistas captaram a essência de Orange e por meio da música transmitiram essa mensagem aos ouvintes: “não carregue as dificuldades sozinhos, peça ajuda, procure um ombro amigo; você não está sozinho. Se você ver alguém que anda na escuridão, ilumine o seu caminho, ajude-a a ter um amanhã diferente. Um sorriso, um abraço, uma mensagem, um gesto, qualquer coisa pode mudar seu futuro e do outro, por isso, nunca desista do amanhã e siga em frente.”

Durante a obra, Kakeru carrega um fardo muito pesado em suas costas e evita demonstrar isso para os outros. A trama desenvolve com Naho e os amigos tentando ajudar o garoto a carregar esse peso juntos, e as músicas retratam exatamente isso.

Esse combo “animação” + “atuação” + “música” deixa qualquer um segurar algumas lágrimas no canto do olho. Ou chorar cachoeiras. Ou os dois.

Em resumo, esse primeiro episódio de Orange conseguiu captar muito bem a magia do mangá de Ichigo Takano! Do jeito que a adaptação está caminhando, podemos esperar uma ótima sequência para o resto da história. E prepare mais caixas de lencinho porque uma só pode ser pouco quando chegar lá pro episódio 11.

Como falamos anteriormente, o mangá terminou no Brasil março deste ano. Ficou com vontade de ler depois (ou antes) do animê acabar? Veja aqui onde conseguir a coleção completa!

Se você ainda não está acompanhando a animação, veja primeiro os trailers nesse post, e aproveite que o Crunchyroll está exibindo Orange e venha se emocionar com a gente!

Preparou os lencinhos? Bora se emocionar!

tumblr_o9q27bGNGd1rvr5jyo1_500

Share

Marina Okamura

Constantemente procurando novos mangás para ler com algumas viagens para o mundo 2D.

Você também pode se interessar por: