El psy kongroo! Conheça Steins;Gate, novo mangá da JBC!

Rintaro Okabe, ou como ele prefere ser chamado, Kyouma Hououin, é um autointitulado “mad scientist maluco” (o inglês dele é péssimo…) que acredita ser perseguido pela “Organização” (em compensação, a imaginação dele é ótima!).
Líder do laboratório de invenções Mirai Gadget, seu último invento, o teleforno (provisório) parece alterar a configuração molecular do que é colocado nele, criando, por exemplo, o que os membros do laboratório chamam de “banana-gel”.
Mas Okabe está intrigado, pois coisas estão acontecendo à sua volta, e ninguém tem consciência desses fatos. Por que apenas ele tem memória desses acontecimentos?
Quando ele decide investigar, acaba descobrindo planos da SERN (uma brincadeira com o instituto científico CERN, que fica na Suíça) de usar seu colisor de hádrons para viajar no tempo. A fim de testar a teoria, Okabe usa seu teleforno e… As consequências são imprevisíveis!

É assim que entramos de cabeça nessa história maluca que é Steins;Gate! Uma ficção científica supercomplexa e inteligente, com muita comédia e referências que são um prato cheio pra quem conhece a cultura pop japonesa, e pra quem quer um bom sci-fi. Porque viagem no tempo é sempre legal!

Capa do Volume 1 nacional.
Capa do Volume 1 nacional.

O mangá de Yomi Sarachi, completo em três edições, adapta o jogo de sucesso da 5pb. e da Nitroplus, que, em 2011, foi um grande fenômeno na televisão japonesa em sua adaptação para animê, que rendeu ainda o elogiadíssimo filme “Steins;Gate: Fuka Ryōiki no Déjà vu”, de 2013. Além disso, recentemente foi anunciada uma continuação para o jogo, intitulada “Steins;Gate Zero”, que também será adaptado para animê, ambos ainda sem data.

Confira todos os detalhes da edição brasileira, pela Editora JBC:

Título oficial:Steins;Gate;
Completo em 3 volumes;
Preço: R$ 13,90;
Papel brite 52g;
Capas internas coloridas;
4 páginas coloridas
Dimensões: 13,5 cm x 20,5 cm;
Distribuição: Nacional;
Lançamento: Abril/2015.

Share

Leo Kitsune

Assistente editorial na JBC, alquimista federal especializado em pagode dos anos 90. Lendo mangás profissionalmente desde 2013.

Você também pode se interessar por: