Tudo sobre Magi – O labirinto da magia

A JBC tem orgulho de trazer um dos melhores e mais populares mangás da atualidade ao Brasil: Magi – O labirinto da magia.

A obra da autora Shinobu Ohtaka vem sendo publicada na revista semanal Shonen Sunday desde 2009, sempre figurando entre os mangás mais vendidos do Japão. É uma obra muito elogiada por público e crítica, inclusive vencendo o 59º Prêmio Shogakukan como melhor shonen de 2013. Aqui no Brasil, ficou popular por sua adaptação em animê, que já tem duas temporadas.

Em Magi, acompanhamos Aladim, um garoto misterioso com uma flauta mágica, que viaja pelo mundo em busca de tesouros, por conta da promessa que fez a um amigo. Ele conhece Ali Babá, um jovem que sonha em conquistar uma das “dungeons”, construções de origem desconhecida que surgiram do nada há 14 anos. E assim se inicia a aventura, por dungeons, desertos, reinos, guerras e toda a magia das Arábias!

E agora, a JBC traz a história de Aladim em edição caprichadíssima. No Anime Friends 2014 o editor Cassius Medauar e o assistente de tradução Thiago Nojiri falaram sobre a obra e sua adaptação para o português.

A autora diz (em textos onde ela fala sobre o processo de desenvolvimento do mangá, que estarão na edição brasileira) que a escolha de usar o universo das Mil e Uma Noites e os nomes destes personagens tem a intenção de fazer com que eles sejam mais acessíveis aos leitores, já que são personagens já populares e conhecidos mundialmente.

Neste espírito, a adaptação para o Brasil escolheu utilizar a grafia do nome dos personagens que foi consagrada historicamente em edições das Mil e Uma Noites no Brasil. Como Aladim, Ali Babá, Morgiana, Simbad, etc. Mas cada caso é estudado separadamente

Por exemplo, outros termos são mais ligados ao universo específico do mangá, como “dungeon” (deixado em inglês por conta da conexão do conceito com os videogames e RPGs) e “djinn” (mantido assim para se distanciar do “gênio da lâmpada” específico, e ser mais uma categoria de criaturas do mangá).

Todas as decisões foram tomadas depois de muita pesquisa e discussão entre a redação, já que é um mangá querido por todos na JBC.

Magi chega às bancas dia 28 de julho, e já vai estar disponível no segundo fim de semana do Anime Friends! Assine no estande da JBC e leve seu mangá a hora (e, em breve, disponível aqui na página de assinaturas da JBC). Confira abaixo todas as informações:

Título oficial: Magi – O labirinto da magia;
22 Edições, em andamento no Japão;
Preço: R$ 12,90;
Periodicidade: Mensal;
Papel jornal brite 52g;
Impressão colorida nas capas internas;
Média de 200 páginas por edição;
Dimensões: 13,5 cm x 20,5 cm;
Lançamento: 28 de Julho/2014.

Share

Leo Kitsune

Assistente editorial na JBC, alquimista federal especializado em pagode dos anos 90. Lendo mangás profissionalmente desde 2013.

Você também pode se interessar por: