Temos que pegar! Vingadores versão animê

A Disney Japão e a Toei Animation (dos clássicos Cavaleiros do Zodíaco e Dragon Ball) resolveram se unir e levar o fenômeno recente dos Vingadores ao gosto do público japonês. Mas, aparentemente, quem tomou essa decisão foi aquele seu tio que não entende nada “desses desenhos japoneses”, que disse: “Japonês gosta tudo desses Pikachu aí, né? Faz assim, então”.

The Avengers: Disc Wars conta a história de como Loki (sim, porque hoje só existe o Loki como vilão da Marvel) usa uma tecnologia de aprisionamento de supervilões – uma máquina que os prende em discos – contra os heróis, prendendo os Vingadores em discos e espalhando por aí. E cabe a um grupo de crianças juntar esses discos e usar os heróis para vencer Loki.

Ou seja: Discos = Pokébolas; Vingadores = Pokémon.

É um novo mundo de aventuras
É um novo mundo de aventuras

Não é a primeira vez que a Marvel tenta entrar no mercado japonês. O estúdio Madhouse (de Cowboy Bebop e do recente Hunter x Hunter) produziu diversas séries em animê para TV (disponíveis aqui pelo Netflix), um pouco mais próximas do material original, pelo menos em comparação com Disc Wars. Dessa vez, a ideia parece ser atingir o público infantil. Ainda não tem data de estreia.

A Henshin declara que é contra essa nova série, pois Vingadores só era bom até os primeiros 150 vingamons.

Share

Leo Kitsune

Assistente editorial na JBC, alquimista federal especializado em pagode dos anos 90. Lendo mangás profissionalmente desde 2013.